Se me perguntarem se teve um dia que eu não pensei em você.
Eu diria que não, sem pestanejar.
Se me perguntarem se eu senti sua falta, eu diria que mais do que acreditava ser possível suportar.
Mas sabe, é.
Se me perguntarem se algum dia deixei de te desejar.
Diria que não, sem medo do que fossem achar.
Se me perguntarem se tentei te esquecer.
Admitiria que sim.
Até entender, que controle foge do caminho do Coração.
Se me perguntarem o que fiz pra continuar.
Me lembrei daquilo que Ele quis me fazer recordar.
Do que eu sentia.
Do que eu queria.
Do que eu tinha medo de olhar.
Do que eu tinha apego em soltar.
Da minha Fé, que tanto veio me abraçar.
Se me perguntarem o que aprendi.
Não iria saber por tópicos pontuar.
Mas tem algo que gostaria de compartilhar.
Você, sempre foi você mesmo o maior amor do seu Ser.
Nunca precisastes de alguém para Ser inteiro.
Nós não necessitamos de nada, nem ninguém para nos preencher.
Ele nos deu tudo aquilo que seria necessário para viver!
Sabe o que?
Você.
Então aquele alguém, aquele sonho…
A são todos bem vindos!
Mas sem apego.
Sem medo.
Sabe por que?
Pois eles são só complementos nesse Ser Inteiro. Real.
Que Já É!
Sou Eu!