A pena é um sentimento que oprime. A compaixão é um sentimento que expande.

Reflita sobre a qualidade dos seus sentimentos, pois a pena é nociva e ninguém é ajudado por ela. A compaixão é a forma assertiva de ajudar o próximo. Muitas vezes, a maior ajuda está em deixar o outro buscar a solução de seus problemas. Quando procuramos resolver tudo para todos, estamos servindo ao nosso ego, na ilusão de que somos melhores que o outro e, portanto, temos que resolver o seu problema. Temos que dar espaço para o outro desenvolver suas habilidades, tornando-se forte.

“Devo, então, ficar completamente frio mediante ao problema do próximo?” Jamais! Opte por dar espaço para a pessoa resolver-se. Porém, contribua com ferramentas que podem ajudar n a descoberta da solução. É assim que os anjos nos ajudam: com oportunidades! Eles nunca nos dão a resposta pronta, pois nos amam demais para interferir em nosso aprendizado. Os anjos sabem que cada desafio nos torna mais fortes e sábios, portanto mais próximos de nossa essência Divina.